Seguidores

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Ética e Integridade
















ÉTICA E INTEGRIDADE são requisitos essenciais, que tanta falta fazem ao nosso país.  Não fosse pela absoluta carência desses elementos, nosso país certamente estaria em outro patamar de desenvolvimento. Menciono esses dois termos juntos porque um não funciona sem o outro. Conheço alguns executivos que são os atuais responsáveis pelos padrões éticos de suas empresas, mas que nunca tiveram integridade suficiente para isso. Nada pior do que você cobrar dos outros, o que você nunca praticou. É como colocar “a raposa tomando conta do galinheiro”, como temos observado tanto em empresas privadas como em órgãos públicos.

Há alguns anos eu trabalhava numa multinacional que foi comprada por outra multinacional de maior porte. Eu permaneci na empresa como Controller de uma das unidades de negócio, o que incluía ser "Plant Controller" (Controller de fábrica).  
Uns 2 meses após a integração da empresa o gerente de meio ambiente e engenharia me procurou, e perguntou se nos deveríamos optar por serviços sem cotação no caso de indicação do Diretor Presidente. Eu pedi para ele explicar melhor, e ele disse: 

" precisaremos regularizar junto à prefeitura a documentação da unidade e vou precisar do suporte de um profissional especializado, ocorre que sempre nos atende uma empresa que cobra preço razoável e presta bom serviço. Além disso, temos como regra obter pelo menos 3 cotações de preço. No entanto, recebi a visita de um prestador de serviço que disse que iria fazer o serviço, pois ele já trabalhava para a matriz.

Eu perguntei ao gerente qual era o preço que o "indicado" cobraria, o qual me informou que o prestador não passava preço antes e que mandaria a nota depois do serviço realizado, e que sempre trabalhara dessa forma. Eu disse: fale para ele que terá que enviar um orçamento, caso contrário não seria contratado. Depois de muita resistência conseguimos com que o indicado concordasse em enviar o orçamento.

No dia seguinte o gerente voltou e me apresentou os orçamentos. O prestador de serviço indicado pelo presidente havia cotado um preço pelo menos três vezes maior, ou seja, enquanto o outro prestador de serviço cotara cerca de R$2.500,00, o indicado pelo presidente havia cotado cerca de R$ 7.500,00. O gerente perguntou para mim qual deveria contratar. 

Eu respondi: 

Você ainda tem dúvida? Se está seguro da qualidade do profissional que deu o preço mais barato não hesite em contratá-lo. 


Solicitei que me entregasse as cotações, separei a melhor opção, assinei, datei e anotei: serviço aprovado, e também anotei as condições do outro profissional. Controllers devem saber que têm por obrigação deixarem as coisas bem documentadas e evidenciadas, além se sempre estarem preocupados em seguir rígidos padrões éticos.

O profissional com a melhor oferta foi contratado e fez um ótimo trabalho. Senti a insegurança e receio do gerente, visto que havia uma ordem  superior que não estava sendo acatada.

Passados alguns dias, o diretor presidente, que de alguma forma soube que seu indicado não fora contratado, ligou furioso para o diretor de operações e disse: por que o "fulano" não foi contratado para fazer o serviço. O diretor de operações que poderia dizer: 

"O prestador escolhido que fez o serviço apresentou uma proposta com um terço do preço do "fulano." 


O Diretor era um cara político e bajulador do presidente, por isso disse: 


"fulano" não foi contratado porque o controller falou para não contratarmos."


Lógico que ganhei um inimigo que posteriormente tentou me derrubar e prejudicar de varias formas.
Mas a vida é assim, existem muitas pessoas sem ética e sem integridade, instalados no poder de muitas empresas privadas e publicas. Eles são responsáveis por muitas irregularidades, injustiças e atos em benefício próprio. Sempre tiver horror, um certo nojo e nenhum medo desse tipo de gente. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário